Para que serve o Projeto de Fundação – Etapas, Vantagens e mais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Projeto Fundação preço valor quanto custa

O projeto de fundação é uma etapa essencial para a construção de uma edificação. A execução de uma obra requer uma série de medidas importantes, que visam não só a economia de materiais, mãos de obra e tempo como, principalmente, a segurança de todos os envolvidos.

Dessa forma, um bom planejamento faz toda a diferença. Nesse contexto, o projeto estrutural e de fundação são os primeiros passos, e alguns dos mais importantes em uma obra. Afinal de contas, são eles que irão determinar todos os demais passos da obra.

Por isso, para mais detalhes iremos abordar nesse post o tema: Projeto de Fundação – Entenda a importância para a sua obra. Por isso, continue lendo, e tire todas as suas dúvidas aqui.

 

O que é um Projeto de Fundação

Um projeto de fundação é um passo imprescindível para a construção de toda edificação. A fundação consiste na infraestrutura, que é a parte da estrutura da edificação que fica debaixo do solo. Dessa maneira, são os elementos da fundação que recebem toda carga da estrutura, e as transmite para o solo.

O projeto de fundação contempla o tipo ideal de fundação para cada caso, assim como todos os elementos que serão necessários para o andamento da obra.

A construção em si é composta de várias etapas, as quais necessitam de projetos bem elaborados, sobretudo para evitar problemas futuros, manutenções e acidentes.

 

Importância do projeto de fundação

No projeto de fundação, é definido o tipo ideal para aquela construção. Afinal de contas, vários fatores podem influenciar na determinação do tipo de fundação para cada obra.

A escolha certa é importante, pois evita muitas patologias do solo, fazendo com que a edificação fique mais segura.

Em geral, os recalques são os tipos de problemas mais comuns, que costumam acontecer no solo. Esse problema consiste em um movimento vertical que provém dos elementos da fundação e que, geralmente, acontece em toda obra.

Contudo, o recalque ocorre quando o mesmo é maior do que costuma ser, e a fundação não tem capacidade de suportar todo esse movimento extra.

Portanto, esse tipo de problema pode resultar em rachaduras, trincas, fissuras na estrutura da edificação e, em casos mais graves, pode causar até mesmo o colapso da obra.

Assim, é essencial que o projeto de fundação seja elaborado por um profissional habilitado, que tenha pleno conhecimento das normas técnicas, para um trabalho bem feito, econômico na medida certa, e com a qualidade necessária.

Portanto, quando um projeto de fundação é realizado por profissional competente, que segue as normas técnicas, sempre com profissionalismo, ele traz uma série de vantagens para todos, que vão desde a segurança das pessoas, até a economia de material, tempo, mão-de-obra e equipamentos.

 

Projeto de Fundação: Sabedoria Bíblica Mateus 7 – 24 ao 29

“Portanto, quem ouve estas minhas palavras e as pratica é como um homem prudente que construiu a sua casa sobre a rocha.

Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela casa, e ela não caiu, porque tinha seus alicerces na rocha.

Mas quem ouve estas minhas palavras e não as pratica é como um insensato que construiu a sua casa sobre a areia.

Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela casa, e ela caiu. E foi grande a sua queda”.

Quando Jesus acabou de dizer essas coisas, as multidões estavam maravilhadas com o seu ensino, porque ele as ensinava como quem tem autoridade, e não como os mestres da lei.

 

Vantagens de um projeto de fundação

Um projeto de fundação traz uma série de benefícios. Dentre eles, iremos destacar os dois principais. São eles:

 

  • Segurança

Ao construir uma edificação sem um projeto de fundação adequado, você corre sérios riscos. Inclusive, há risco até de morte. Não é raro ouvirmos relatos de desabamentos, principalmente em épocas de chuvas, que matam várias pessoas, e deixam muitas outras feridas.

Tudo isso poderia ser evitado com a elaboração de um bom projeto de fundação, com uma análise detalhada do solo, e também do estado das construções vizinhas.

Dessa forma, toda edificação exige a elaboração de um projeto de fundação feito por profissional habilitado, que conhece e aplica corretamente todas as normas técnicas pertinentes.

Um projeto de fundação é bem mais do que levantar a edificação. Um trabalho de qualidade requer muito conhecimento, e um perfeito alinhamento entre segurança, custo, tempo e qualidade.

 

  • Economia

A economia é mais um grande benefício de um bom projeto de fundação. Afinal de contas, esse trabalho visa evitar patologias construtivas no futuro, retrabalho, desperdício de material, com um dimensionamento incorreto de mão de obra e de materiais.

Dessa forma, com a elaboração de um projeto de fundação adequado, é possível dimensionar corretamente a quantidade de material, mão-de-obra e os equipamentos que serão necessários e a quantidade de terra que deverá ser movimentada, por exemplo.

Assim, é possível evitar um superfaturamento, e também a perda de tempo por falta de material ou de pessoas.

 

Tipos de fundações

São vários os tipos de elementos presentes em uma fundação. Porém, eles se dividem em fundações profundas e fundações superficiais.

Assim, as fundações superficiais, geralmente, não ultrapassam 2 metros de profundidade, como sapatas, sapatas corridas, blocos, radier e baldrames.

O Radier é um tipo de fundação especial, necessário quando o solo superficial possui baixa resistência e ainda possui lençol freático muito alto.

Em contrapartida, as fundações profundas são aquelas usadas em solos que apresentam na superfície uma baixa resistência, necessitando “buscar” resistência em solos mais profundos. São os “tubulões” e os vários tipos de estacas.

As tubulações profundas trabalham sobre atrito lateral e uma pequena resistência de ponta, enquanto as tubulações superficiais dissipa a pressão das cargas diretamente na superfície.

Dessa maneira, o tipo ideal para cada obra é definido no projeto de fundação. Porém, antes é preciso considerar uma série de informações relevantes, como o tipo do solo, o perfil da estrutura, e também os recursos financeiros e técnicos disponíveis.

Ressaltando que todo esse trabalho deve ser feito por profissionais competentes e habilitados, que tenham a capacidade de aliar muito bem a experiência e o conhecimento técnico.

Afinal de contas, em várias situações, é preciso que o profissional tenha a expertise de trabalhar com solos até então desconhecidos.

 

Como fazer um projeto de fundação

A elaboração de um projeto de fundação requer alguns passos básicos. Afinal de contas, essa etapa precisa ser muito bem elaborada, para evitar o máximo possível de problemas futuros.

Portanto, confira abaixo quais são os principais fatores que devem ser observados no momento da elaboração de um projeto de fundação:

 

• Investigar o solo

A realização de um projeto de fundação começa com a investigação do solo onde será feita a edificação.

Dessa forma, é possível identificar todas as características, se há ou não obstáculos no terreno, como lixo enterrado, lençol freático, se o solo suporta o tipo de construção e quais elementos serão necessários para essa base.

A investigação do solo pode ser feita por meio de um laudo de sondagem, ou através de coleta e análise de amostra, que são entregues em laboratórios próprios.

 

• Análise da topografia

Os aspectos físicos do terreno também são importantes. Portanto, algumas das informações mais necessários nesse caso, são: erosões, encostas, taludes, dentre outros.

 

• Construções vizinhas

Além de atentar para as informações e aspectos do terreno onde será construída a edificação, também é necessário atentar para as construções vizinhas. Afinal de contas, certas fundações provocam intensas vibrações no solo.

Com isso, as estruturas das edificações que se encontram em volta da construção podem sofrer abalos.

Sendo assim, a melhor coisa a se fazer antes de dar início a qualquer construção, é providenciar um laudo técnico, onde deve constar a atual situação das edificações vizinhas, com documentos escritos e fotográficos.

 

• Comparação entre tipos de fundações

Depois de conhecer qual o tipo de solo presente no local da construção, deve-se comparar os tipos de fundações, quais as possíveis soluções, e quais os custos envolvidos em cada uma. O ideal é aliar o custo da construção com a segurança para toda estrutura e os envolvidos.

O tipo de fundação leva em conta o número de pavimentos, o perfil do solo, e demais informações pertinentes, que podem ser obtidas no projeto estrutural e arquitetônico, e também no estudo do solo.

 

• Análise do projeto estrutural e arquitetônico

O tipo de fundação está diretamente relacionado com o projeto estrutural. Da mesma maneira, a solução encontrada também está ligada com o projeto arquitetônico da obra.

 

• Dimensionamento

Nessa fase, calcula-se os elementos da fundação conforme a planta de cargas e também o posicionamento, que devem estar presentes no projeto estrutural.  Além disso, também é necessário considerar a resistência do solo, após a análise do mesmo, e que já foi feita anteriormente.

 

Principais elementos presentes em um projeto de fundação

É por meio dos elementos constantes no projeto de fundação que será possível dar andamento à obra. Por isso, é fundamental que eles tenham sido elaborados da melhor maneira possível.

Assim, o responsável pela execução não terá nenhuma dúvida no momento de colocar em prática. Isso evita não só o retrabalho, como também possíveis falhas por erro de interpretação.

Portanto, para garantir um projeto de fundação de qualidade, é importante que alguns elementos sejam contemplados no mesmo, conforme abaixo:

 

  • Planta de formas: onde são representadas as formas que receberão o concreto. Mas, para isso, é necessário que os níveis sejam representados corretamente, para que não haja problemas de interpretação como, por exemplo, entre Nível Osso (ou Zero) e o Nível Acabado.

 

  • Elementos da fundação: todos os elementos necessários para a construção devem estar devidamente descritos no projeto de fundação. Além disso, eles devem conter o máximo de detalhes possível.

 

Norma para Elaboração e Execução de Projeto de Fundação

A norma que trata deste assunto é a NBR 6122, elaborada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Os únicos profissionais habilitados para elaboração deste projeto são o Engenheiro Civil e o Arquiteto com Especialização em Fundações, ambos devem estar registrados em seu conselho de Classe específico, o CREA (Engenheiro Civil) ou CAU (Arquiteto), e ainda devem recolher ART / RRT para a elaboração.

 

Quanto custa um Projeto de Fundação Preço

O preço da Fundação gira em torno de 4% do valor da obra, mas varia de região, proximidade de rios, tipos de solo etc. Já o projeto de fundação, representa apenas 0,2% a 0,7% do valor total da obra.

Trata-se de um projeto de baixo investimento, talvez o mais baixo de todos, portanto não se preocupe muito com o preço.

Se a sua escolha for unicamente o valor do projeto, o preço da opção mais barata pode vir depois.

Qualquer engenheiro recém formado tem habilitação para elaborar um projeto de fundação, entretanto somente um especialista lhe trará os benefícios citados neste artigo, como segurança e economia.

Um bom projetista se paga sozinho somente com a economia dos materiais e mão de obra empregados, bem como pela baixa manutenção posterior.

É certo que os custos de reparos e recuperações estruturais, bem como reforços de fundações, reparos de trincas etc. serão infinitamente maiores do que o pequeno investimento em um projeto de fundação bem elaborado, bem como os demais projetos complementares.

 

Etapas ao Contratar um Projeto Estrutural

  1. Realizar o Laudo de Sondagem de Solo
  2. Entrar em Contato com um Engenheiro Civil Especialista em Fundações
  3. Apresentar o mapa de Cargas da Estrutura elaborada pelo Engenheiro Calculista no Projeto Estrutural

 

Em resumo, como vimos, a elaboração de um projeto de fundação é essencial em qualquer tipo de edificação que se pretenda construir. Afinal de contas, esse trabalho visa trazer mais segurança, economia e tranquilidade para todos os envolvidos.

Esse post foi útil? Não deixe de comentar e deixar as suas sugestões.

Se quiser mais detalhes sobre projeto de fundação, entre em contato diretamente com o Engenheiro Civil de Londrina Gustavo Zampa. Ele é especialista em Projetos Estruturais, Fundações e Patologias de Obras e está pronto para te ajudar com o que for possível!

Engenheiro Civil de Londrina. Especialista em Estruturas e Patologias de Construção Civil, executa projetos estruturais e de fundação, bem como Laudos, Perícias e Pareceres, além de Execução de Obras. “Seu Deus, nada sou”

Participe! Deixe um comentário.

Assine nossa newsletter

Se cadastre e receba conteúdos relevantes por email.

× (43) 99191-6682