Perícia Predial – O Que é, Como Funciona e Quando se Aplica

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
inspeção predial manutenção

A perícia predial é um assunto muito importante, e consiste em uma das responsabilidades dos síndicos de prédios. Pois serve para evitar surpresas desagradáveis com problemas futuros.

Enfim, este processo tem como objetivo a prevenção de muitos problemas em condomínios. Garantindo-se, dessa forma, que a edificação esteja totalmente apta à moradia.

Sendo assim, continue lendo e confira aqui o que é perícia predial, qual sua função e quando se aplica. Além disso, veja ainda algumas normas técnicas que devem ser consideradas durante a vistoria.

O Que é Perícia Predial?

A perícia predial é uma avaliação de determinado local. Assim, ela tem por objetivo identificar o estado geral da edificação. Bem como de seus sistemas construtivos também.

Observando-se, assim, os aspectos de desempenho, segurança, estado de conservação, vida útil, entre outros.

Para Que Serve?

O diagnóstico da perícia pretende diminuir as possibilidades de acidentes prediais. Desse modo, auxilia também na melhor divisão dos investimentos em manutenções do local.

Afinal de contas, facilita a destinação dos investimentos para as áreas mais necessárias.

Contudo, na perícia predial, avalia-se todo o desempenho da edificação. Assim, considera-se, principalmente, os seguintes pontos:

  • Segurança (seja a estrutural, contra incêndios, de uso ou operação);
  • Habitabilidade (estanqueidade, saúde, ar, higiene, funcionalidade e acessibilidade);
  • Sustentabilidade (durabilidade e manutenibilidade).

Quando Se Aplica a Perícia Predial?

A perícia predial deve acontecer regularmente na edificação, atuando na prevenção de danos. Além disso, ela deve averiguar a segurança da construção. Assim, o interessante é que o síndico determine um período com o profissional responsável.

Então, a perícia acontece antes da inauguração do prédio e também após. Portanto, é realizada para verificar uma situação anormal, ou apenas como prevenção e garantia.

Como Acontece a Perícia?

São nove etapas básicas que compõem a perícia predial. Sendo assim, listamos abaixo quais são elas, em resumo, para a sua melhor compreensão.

  1. Levantamento de dados e documentação: o responsável pela edificação deverá apresentar os documentos solicitados pelo profissional;
  2. Análise: todos os dados e documentos serão analisados para verificar se há falhas;
  3. Entrevista: o profissional irá entrevistar o síndico para obter informações sobre o local;
  4. Vistoria: todo o local será verificado para detectar se há falhas ou anomalias;
  5. Classificação: todos os problemas encontrados serão classificados. Assim é determinado o fator causador dos mesmos;
  6. Recomendações: será feita a indicação das ações que devem ser realizadas para corrigir as falhas e anomalias;
  7. Ações: as ações a serem realizadas serão organizadas conforme a urgência;
  8. Avaliação: será avaliado o estado da manutenção e do uso da edificação de modo geral;
  9. Laudo: será emitido o laudo com todas as informações da vistoria.

O Que Pode Ser Inspecionado e Analisado?

Portanto, durante uma perícia predial, poderão ser inspecionados:

  • Elementos estruturais aparentes;
  • Vedações;
  • Revestimentos;
  • Esquadrias;
  • Impermeabilização;
  • Instalação hidráulica;
  • Instalação elétrica;
  • Geradores;
  • Elevadores;
  • Motores e bombas;
  • Alarmes e sistema de segurança;
  • Ar condicionado;
  • Para-raios;
  • Sistema de combate a incêndios;
  • Coberturas,
  • Acessibilidade.

Já em relação aos documentos, poderá ser pedido pelo inspetor:

  • Manual da edificação;
  • Manuais de equipamentos instalados;
  • Alvará de funcionamento;
  • Alvará de inspeção de elevadores;
  • AVCB;
  • Regimento interno;
  • Licenciamento ambiental;
  • Contratos de manutenção de equipamentos,
  • Relatório de potabilidade da água.

No entanto, os locais a analisar e os documentos solicitados variam de acordo com cada edificação. Logo, é importante que confirme com o inspetor tudo que será necessário para realizar a perícia.

Laudo de Perícia Predial

Enfim, após a realização da perícia, o inspetor irá emitir um laudo de inspeção predial. Ou seja, um documento que consta tudo que foi verificado. Bem como com as conclusões finais, considerando as normas técnicas ABNT NBR 16747 e 13752.

Sendo assim, o laudo contará com informações do contratante, descrição da edificação, dados dos documentos solicitados, análise predial acompanhada de fotos, recomendações, avaliação e conclusões.

Contudo, é necessário que o documento seja datado e assinado pelo profissional responsável. Além disso, também devem acompanhar seu registro no CREA ou CAU.

Inclusive, vale ressaltar que esse trabalho é realizada por um engenheiro civil devidamente capacitado.

Prioridades na Perícia Predial

No entanto, a norma ABNT NBR 16747:2020 determina os patamares de urgência para correção das anomalias encontradas durante a perícia. Assim, o inspetor deverá classificá-las segundo o documento.

Desse modo, como prioridade mais alta, temos correções que comprometem a saúde e a segurança dos moradores. Eventualmente, também se considera correções que estão relacionadas com o comprometimento da vida útil da edificação.

Ademais, quando se trata de prioridade intermediária, contamos com as correções de falhas que, mesmo que causem impacto na funcionalidade, não comprometem a segurança. Ou seja, erros e anomalias que podem ser corrigidas em um período maior de tempo.

Por fim, o menos prioritário é composto por correções mais voltados ao estético do edifício, e não comprometem o valor da edificação. Logo, você poderá realizá-las sem pressa.

Vale lembrar que esta classificação não é uma escolha do síndico, mas sim o engenheiro responsável. Desta forma, deverão ser seguidas as correções na ordem indicada pelo profissional. Afinal, é necessário cuidar da segurança das pessoas e da edificação antes de mais nada.

Busque Um Serviço Especializado

Enfim, para realizar a perícia predial, é importante que busque uma empresa especializada. Afinal de contas, o laudo, necessariamente deve ser emitido por um profissional habilitado e registrado no Conselho de Classe.

Além disso, o relatório da inspeção também servirá como base do planejamento de ações no prédio. Portanto, é ideal que seja uma empresa de confiança. Pois, dessa forma, você terá a garantia de que todas as falhas existentes serão devidamente apontadas.

Há diversos serviços especializados para atender sua demanda. Assim, verifique os existentes e faça a escolha de uma equipe profissional.

Esse post foi útil? Deixe um comentário e compartilhe com seus contatos. Além disso, para obter mais informações a respeito de perícia predial, basta clicar aqui, para entrar em contato diretamente com o Engenheiro Civil de Londrina Gustavo Zampa. Assim, você pode aproveitar para sanar todas as suas dúvidas sobre construção civil.

Engenheiro Civil de Londrina. Especialista em Estruturas e Patologias de Construção Civil, executa projetos estruturais e de fundação, bem como Laudos, Perícias e Pareceres, além de Execução de Obras. “Seu Deus, nada sou”

Participe! Deixe um comentário.

Assine nossa newsletter

Se cadastre e receba conteúdos relevantes por email.

× (43) 99191-6682