A Importância do Projeto Estrutural Para a Sua Construção

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
importancia-projeto-estrutural-obra

O projeto estrutural, ou cálculo estrutural, como também é conhecido, é caracterizado como uma das partes mais importantes de todo e qualquer tipo de construção.

Dessa forma, independente de se ser uma obra pequena, média ou grande, ter um projeto estrutural é indispensável para o resultado final.

Afinal de contas, é do projeto estrutural que o engenheiro civil irá extrair todas as informações de que necessita para dar andamento à obra.

E não para por aí! O projeto estrutural trará muita economia, segurança e agilidade para a construção.

Portanto, para saber mais sobre o assunto, continue lendo e entenda a importância de um projeto estrutural para a sua construção, e quais vantagens ele pode lhe oferecer, e muito mais…

 

O Que é Um Projeto Estrutural

Em primeiro lugar, precisamos compreender o que é, de fato, um projeto estrutural.

Em resumo, podemos dizer que se trata de um conjunto de informações sobre a base de uma construção.

É o projeto estrutural que irá fornecer os dados necessários sobre a quantidade de materiais necessários para a realização de uma obra segura, com mais economia de dinheiro e de tempo, e também que atenda à todas as exigências do cliente.

Sendo assim, estão inclusos em um projeto estrutural tudo relacionado a fundação, laje, estruturas metálicas, alvenaria estrutural e vigas.

Um projeto estrutural avalia tudo o que envolve a obra, como o terreno, e também a melhor opção de estrutura para o que se pretende construir.

Uma obra feita sem o cálculo estrutural, ou com um cálculo mal elaborado, está sujeita à muitos problemas. Dentre os principais deles, podemos destacar:

  • Problemas de rachaduras em colunas e vigas;
  • Quedas dos revestimentos;
  • Desabamento, que pode ser tanto parcial quanto total;
  • Afundamento do piso
  • E muito mais…

Esses problemas são ruins não apenas para o proprietário da construção, como também para a empresa responsável pela construção. Dessa forma, todos os  envolvidos não estão sujeito apenas a prejuízos financeiros, como também à riscos de ferimentos e até de morte, dependendo da dimensão do problema.

 

Qual a Importância de Um Projeto Estrutural

O principal objetivo de um projeto estrutural é garantir mais segurança na realização de uma obra, e também mais economia.

Ele é importante desde a escolha até a aplicação correta dos recursos, evitando o desperdício, e garantido a máxima qualidade possível, bem como a integridades de todas as pessoas envolvidas.

Podemos definir a importância de um projeto estrutural pela precisão dos cálculos presentes nesse trabalho. Eles não só evitam custos desnecessários, quanto falhas de dimensionamento não só da estrutura, como também das paredes tetos, e etc.

 

Quais São as Vantagens de Um Projeto Estrutural

Como já podemos notar até aqui, o projeto estrutural representa uma etapa essencial em qualquer obra. Afinal de contas, sem essa etapa, o resultado final pode ser muito aquém do esperado.

Por isso, para deixar bem claro o quanto um projeto estrutural é importante, listamos abaixo as suas principais vantagens. Acompanhe com atenção!

 

• Garante mais segurança para uma obra

Um dos principais papéis de um projeto estrutural é garantir mais segurança para todas as pessoas envolvidas, assim como para a edificação em si.

Assim, no momento da sua elaboração, todos os itens são pensados minuciosamente, há um planejamento que envolve todas as etapas da obra. Dessa forma, o trabalho tende a fluir com muito mais tranquilidade, pois tudo fica muito bem alinhada.

Além disso, um trabalho bem planejado, e com um bom projeto tende a evitar o máximo possível de imprevistos, tornando os trabalhos de pessoas e máquinas mais eficazes e seguros.

 

• Muito mais economia

Um projeto estrutural permite uma redução imensa de materiais, afinal de contas, são usados somente aquilo que é realmente necessário. É de conhecimento de todos que uma construção demanda bastante recursos, seja ela de qualquer tamanho.

No entanto, se não houver um planejamento adequado, e um cálculo eficiente sobre aquilo que realmente é necessário, os custos podem ser muito maiores.

Dessa maneira, o projeto estrutural permite uma racionalização na utilização de materiais, de maneira que são usados apenas a quantidade exata para a execução da obra, evitando não só a compra de materiais em excesso, como também o desperdício.

Com isso, há um controle rígido, de maneira a garantir maior produtividade, economia e segurança, conforme os objetivos pretendidos em cada uma das etapas da obra.

 

• Facilidade de manutenção

Quando contamos com um projeto estrutural, até mesmo as manutenções futuras se tornam mais fáceis. Afinal de contas, tudo o que envolve a obra está bem detalhado no papel.

Assim, fica muito mais fácil não só compreender a estrutura da construção, bem como identificar os pontos onde é preciso realizar a manutenção também.

 

• Mão de obra otimizada

O projeto estrutural garante o uso da mão de obra de forma bem mais eficiente, pois o cálculo visa prever a melhor alocação de recursos humanos e materiais. Além disso, o uso de equipamentos e maquinários também é bem mais facilitado.

Dessa forma, é feito um cálculo de todos os detalhes envolvidos na obra, para evitar gargalos e para que a mão de obra seja usada de forma mais efetiva.

 

Quanto custa um Projeto Estrutural?

Em uma obra, o valor de um projeto estrutural é de cerca de 1,2% a 3,1% do preço total da obra. E, conforme o tamanho do projeto da construção, o cliente tem a oportunidade de economizar algo entre 4% até 15% somente com o projeto estrutural.

Todos os projetos comuns de obra somados (arquitetônico, Hidrossanitário, elétrico e estrutural) não ultrapassam os 10% do valor total da obra. O payback (retorno do investimento) de projetos realizados por bons profissionais, é de cerca de 2 a 3 vezes no curto prazo, sendo ainda maior a longo prazo.

 

• Cuidados a tomar ao Contratar um Projeto Estrutural

Verifique se o Engenheiro é Especialista em Projeto Estrutural, como o engenheiro Civil Gustavo Zampa, e se o valor já inclui o Projeto de Fundação.

As vantagens em se contratar um projeto estrutural apenas serão alcançadas se o projeto for elaborado por um especialista.

Alguns projetistas limitam-se a realizar o projeto estrutural apenas da Superestrutura, deixando a infraestrutura (fundações) a cargo de outro projetista a ser contratado pelo Cliente. Portanto, verifique se o valor inclui os dois projetos ou se compensa contratar dois profissionais distintos.

 

Como Elaborar Um Projeto Estrutural

Para que um projeto estrutural seja elaborado, é preciso, primeiramente, analisar alguns pontos importantes. Abaixo, listamos cada um deles de forma detalhada. Confira!

 

• Normas de Consulta Obrigatória

As normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) de consulta obrigatória para a confecção de um projeto estrutural em Concreto Armado (método construtivo mais utilizado no Brasil) são as normas NBR 6118 e a NBR 6120.

Entretanto, dependendo do grau de complexidade arquitetônica, exigência ou outras necessidades, pode ser necessário a utilização de outros métodos, como a utilização de Estruturas Metálicas (NBR 8800), Alvenaria de Blocos de Concreto (NBR 15961) entre outras.

• Projeto arquitetônico

De fato, não há como iniciar um projeto estrutural sem que haja um projeto arquitetônico antes.

Em muitos casos, o responsável pelo projeto estrutural costuma receber de um arquiteto o projeto que já, inclusive, passou pela aprovação da prefeitura. O quer dizer que o documento já teve várias alterações.

Nesse caso, quando isso acontece, tanto o cliente quanto o arquiteto não desejam que nenhuma outra mudança seja feita novamente. E isso acaba atrapalhando o andamento da obra, pois impede que sejam realizadas modificações posteriores na estrutura da construção.

Sendo assim, é fundamental que o projetista estrutural inicie o seu trabalho o quanto antes, atento à elaboração do projeto arquitetônico que ainda está em fase de desenvolvimento.

Dessa forma, ele pode contribuir com ideias e soluções estruturais, alinhando o seu trabalho com o trabalho do arquiteto, e com aquilo que o cliente deseja. O resultado é uma economia maior de tempo, de dinheiro, além de evitar muito retrabalho e dor de cabeça no futuro.

 

• Laudo de sondagem do terreno

A etapa de sondagem do terreno é essencial para uma maior segurança da construção. Portanto, ela deve ser realizada, inclusive, nos projetos menores. Caso não seja feita a sondagem, o cliente pode estar sujeito à sérios problemas futuros.

Afinal de contas, essa etapa ajuda a evitar incertezas no que se refere às condições do local, além de ajudar muito na economia também.

 

• Topografia

A topografia não é uma etapa obrigatória em todo tipo de obra. Em geral, ela deve ser feita em terrenos mais acidentados.

A realização desse projeto é importante para definir as cotas das fundações, e também quais as estruturas para contenção serão necessárias.

Para analisar se há, de fato, a necessidade de realizar o levantamento topográfico, o profissional pode tanto ir ao local da obra, quanto solicitar fotos do terreno para o proprietário.

 

• Presença de construções em volta

Antes da realização do projeto estrutural, o profissional deve se atentar para a existência ou não de edificações vizinhas, e sobre as condições nas quais elas se encontram.

Afinal de contas, esse procedimento pode evitar não apenas prejuízos financeiros, como também acidentes com pessoas que moram na vizinhança.

 

• Análise do macroambiente

O macroambiente no qual a obra está envolvida por influenciar diretamente no momento de se definir vários aspectos, como a durabilidade da estrutura, por exemplo.

Dessa forma, a NBR 6118 obriga o engenheiro a definir qual a classe de agressividade ambiental da obra, de maneira que sejam avaliados os riscos da estrutura se deteriorar, levando em conta os aspectos ambientais e geográficos.

 

• O planejamento da execução da construção da obra

A etapa de execução da obra tem influência direta na elaboração do projeto estrutural. Caso o profissional não tenha o conhecimento sobre o cronograma, ele tem grande chance de falhar no momento de realizar o projeto.

Dessa forma, compromete-se não só a durabilidade da obra, como também a segurança das pessoas envolvidas.

 

Tipos de Estruturas Existentes

Depois de analisar todos os pontos essenciais para a elaboração de um projeto estrutural, é o momento de definir qual será o sistema estrutural. O engenheiro pode realizar essa etapa em parceria com um arquiteto. Os principais tipos de estruturas existentes são:

  • Concreto armado;
  • Parede de concreto;
  • Estrutura metálica;
  • Concreto protendido,
  • Alvenaria estrutural.

Portanto, somente depois de cumprir todas essas etapas apresentadas, é que o profissional terá condições de entregar o projeto estrutural finalizado para o seu cliente.

Assim, no momento em que finalizá-lo, é importante que o mesmo tenha a ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) que ratifica, de forma legal, a responsabilidade do profissional, no caso, do engenheiro civil, por toda a estrutura desenvolvida.

Como vimos, um bom projeto estrutural é extremamente necessário para a correta execução de qualquer obra, para garantir mais segurança e economia.

Esse artigo foi útil? Não se esqueça de deixar um comentário.

Para mais informações a respeito de projeto estrutural, basta entrar em contato para conversar com o Engenheiro Civil de Londrina Gustavo Zampa. Ele terá o maior prazer em sanar todas as suas dúvidas.

Engenheiro Civil de Londrina. Especialista em Estruturas e Patologias de Construção Civil, executa projetos estruturais e de fundação, bem como Laudos, Perícias e Pareceres, além de Execução de Obras. “Seu Deus, nada sou”

Participe! Deixe um comentário.

Assine nossa newsletter

Se cadastre e receba conteúdos relevantes por email.

× (43) 99191-6682